Thursday, January 19, 2006

Teu Poema

Prometi um poema,
Não falei o tema
Disse apenas que:
Que o poeta não tem fronteira,
Fala do coração com afeto
Não teme protestos
De namorado ou marido,
E um pensar atrevido
Uma suplica a alma.
Que fale do coração
E diga da dor e do desejo
De toques nunca tocados
Dos carinhos sonhados.
Como te falar destes sentimentos
Assim, de supetão.
Já que nunca percebeste
Em mim esses sentimentos
Atrevido como um ladrão.
Apodero-me em sonho
Do que tem dono...
Mas, como conter a paixão?
Esta que há muito me consome
Um ardente desejo de homem
Que só em vê-la
Bate mais forte meu coração
Es a mulher mais desejável
Tens um corpo adorável
Olhos que emanam ternura
A mais linda criatura;
Afirmo com certeza
Es a mais linda mulher
Criada pela natureza
Sou teu admirador confesso
Assumindo minha paixão
Faço-te, estes versos.
Fadando de meu desejo
Sonhando um sempre esperado beijo
Saúdo-te minha musa
Motivo de inspiração
Dona de meu coração.
Se te quero perdoa
não é um sentimento atoa
são coisas de meu coração.

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home