Sunday, April 26, 2009

O TEMPO

Aqui onde a vida demora posar
E tudo passa devagar bem devagar
Onde as tardes são mornas
Estancando o tempo que pega no tranco
E os dias são longos intermináveis
Porem quando penso no passado
Percebo com foram curto os anos
Parece foi ontem era criança
Mas faz muito não te vejo
Ontem, faz uma eternidade.
De ontem a hoje de saudade
Faz uma eternidade
Isso e tempo pura conversão

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home